Domingo, 15 de Março de 2009

9 meses e 25 dias depois...

 

 

Tenho mesmo saudades tuas! Maldito tempo que desgasta o teu sorriso. Benditas as noites que ainda sonho contigo e que me permitem guardar pedaços de ti. A memória remete-nos sempre para os dias mais felizes... Permanecem os tempos de clandestinidade em que não te tínhamos como inimigo. Batalhas que julgavamos tão íngremes e acabámos por nos salvar.

Ficam as manhãs de Tofina, o José Cid a cantar, fica a distância que nunca nos separou, as músicas que tocavas na viola cá de casa...

Ficam os encontros em Belém, a dança a horas não recomendadas nos Jerónimos, as tardes em Sintra...

Recordo uma noite estrelada de pés na areia em cascais, um fim de semana na neve, duas folhas de linhas escritas por ti...

Fica o sabor dos gelados na praça de Porto Covo, a plenitude de Barcelona e a despedida em Schiphol...

 

 


afteramsterdam às 21:19
| comentar | favorito
Sábado, 7 de Março de 2009

9 meses e 17 dias depois...

 

Aqui atinges um dimensao imensuràvel em mim!

Todos os meus passos somam saudades tuas, rua a rua, rambla a rambla...

Todo o esquecimento que havia armazenado nestes ùltimos meses por àgua abaixo!

Estàs bem vivo e de peito feito, arrancas toda a minha liberdade!

Haverà alguma lei, decreto ou portaria espanhola que proìba a entrada de "pessoas que nao retribuem o amor que temos por elas"?

Nada a declarar nao direi!

Deixar-te-ia na fronteira, na alfândega que separa um amor saudàvel de um amor doentio.

 

Barcelona, IYH

 

P.S 1 - Jà nao hà calamares na Boqueria! Nem com "C" nem com "G".

 

P.S 2 - Todos os lugares reclamam saudades tuas.

 

 

 


afteramsterdam às 20:50
| comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Março de 2009

9 meses e 16 dias depois...

 

Ás vezes gosto de me enganar com a ideia de que, por um segundo que seja, ainda pensas em mim... e espero que esse segundo seja este!

 

... o momento em que faço malas e rumo ao regresso do penúltimo destino em que estivemos juntos!

 

Temo-o devastadoramente bom! " Nunca voltes ao lugar onde um dia foste feliz"

 

"Nunca voltes ao lugar
Onde já foste feliz
Por muito que o coração diga
Não faças o que ele diz

Nunca mais voltes à casa
Onde ardeste de paixão
Só encontrarás erva rasa
Por entre as lajes do chão

Nada do que por lá vires
Será como no passado
Não queiras reacender
Um lume já apagado

São as regras da sensatez
Vais sair a dizer que desta é de vez

Por grande a tentação
Que te crie a saudade
Não mates a recordação
Que lembra a felicidade

Nunca voltes ao lugar
Onde o arco-íris se pôs
Só encontrarás a cinza
Que dá na garganta nós

São as regras da sensatez
Vais sair a dizer que desta é de vez"
carlos tè
 


afteramsterdam às 23:44
| comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

9 meses e 5 dias depois...

 

 

Saudades...

 

 

 

música: qualquer uma do josé cid

afteramsterdam às 18:29
| comentar | favorito
Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2009

8 meses e 15 dias depois...

 

Há textos antigos que voltam a fazer sentido:

 

Hoje procurei-te, sem perseguições, esconderijos, sem clandestinidades!

Subi ao castelo e lá estavas tu. Na verdade esta viagem fez-me perceber que não precisava de lá ir para te ver. Estás em qualquer parte, onde quer que eu vá, fique ou habite.

Numa paisagem, numa canção, um gesto, em todas as direcções, norte, sul, em qualquer coordenada que a rosa dos ventos possa orientar... tu estás!

Até no vento!... O vento que toca a ponta dos meus cabelos sopra saudades de ti!

 

 

 

 

música: José Cid - A cabana junto á praia

afteramsterdam às 20:24
| comentar | favorito
Domingo, 25 de Janeiro de 2009

8 meses e 7 dias depois...

 

Há encontros, lugares, pessoas que já fazem parte da nossa rotina, como que uma tradição.

Domingo, Café do mar (junto ao mar pois claro), pequeno almoço tardio e demorado é uma das moradas do fim de semana, ou do inicio da próxima... sempre, sempre, faça sol ou faça vento...

Hoje acordei muito rabujenta, com algumas tonturas até e sem vontade de sair de casa, fruto das memories provocadas pelo filme de ontem. Mas... não!.. há que sair de casa para não ficar a remoer nos assuntos de sempre... banho! um pouco de blush, rimel e ... rua que se faz tarde...

O café do mar é um sítio agradável para se estar, quando está sol é bom  aquecermo-nos na esplanada e ali ficar... ficar, se está chuva e frio sabe bem ficar lá dentro e ver sempre as mesmas pessoas, a ler, a escrever, a .... a... a... são as pessoas do domingo demanhã que já quase nos acenam ou sorriem por nos cruzarmos semanalmente!

Eu e tu... já lá estivemos juntos, depois do teu surf domingueiro era tempo de ir lanchar ao café do mar. 2 hamburguers com queijo, 2 ice tee, 1 prato de batatas, 1 descafeinado abatanado e um solero exotic.

Desde que nos separámos nunca mais te vi por lá e apesar de me convencer a mim própria que não vou lá para te encontrar é obvio que te sinto por lá sempre que lá vou, sinto-me mais perto de ti!

 

Hoje, mal humorada não era um bom dia para te encontrar! nem sequer me vesti para tal encontro... Mas quem disse que o destino tem dia e hora marcada?

Sentada a beber o meu abatanado quentinho, de costas para a porta:

 

N - ahhhh o (...) vem aí!!!! Vai entrar...

Afteramsterdam - Estás a brincar!!?

N - Não não estou! é ele! vai sentar-se ... espera...

Afteramsterdam - Estás a brincar!!? Vamos embora! Não quero ... vamos...

N - Espera, não fales, ele está a puxar uma cadeira, mesmo atrás de ti... espera...

Afteramsterdam - Sou eu que não quero! desta vez sou eu que vou sair! (levanto-me)

N - Eu vou pagar!... calma... estou a tremer

 

E assim foi... abandonei o café! passei mesmo por trás de ti, junto ao teu pescoço... aíiii que vontade de te cheirar... de te abraçar! Não conheço essa camisola, o teu cabelo está mais curto.. Não sei se me viste... tive vontade de tropeçar na tua cadeira, ai desculpe! olá tudo bem?... mas não... eu posso não merecer, mas tu também não mereces!

 

Tenho saudades tuas bolas!!!!!

 

E se? e se? e se?

 

 

 

música: Frank Sinatra - My way

afteramsterdam às 16:24
| comentar | favorito
Sábado, 24 de Janeiro de 2009

8 meses e 6 dias depois...

 

No cinema... de regresso a Barcelona

 

Vicky Cristina Barcelona

 

 

 

É uma comédia romantica de woody Allen sobre duas miudas que passam o verão em Barcelona.

Em cada cena do Filme, um lugar que me trás recordações, minhas, nossas...

Lugares por onde passámos, passeámos... Ramblas, Barri Gótic, Casa Batló, Gaudi... Gaudi... Gaudi, La Pedrera, Parc Guell...

Inclusivè uma banco de jardim, onde nos sentámos para carregar energias deliciando-nos com uns frutinhos e bolachas de chocolate.

 

... como não deixar cair uma lágrima quando este fui o ultimo destino em que dormimos juntos?

 

 

Barri Gótic

 

 


afteramsterdam às 15:18
| comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2009

8 meses e 1 dia depois...

 

"My yesterdays are all boxed up and neatly put away
But every now and then you come to mind"
Sting - Always on your side

 

 

                  ... hoje tive tantas saudades tuas!

 

 

Quando pensamos que já passámos uma parcela do Inverno da nossa vida, quando julgamos que o tempo de andar de gatas já passou... basta uma mensagem de remetente anónimo, uma música, uma palavra ... para que toda a tranquilidade se dissipe e plin!!!

Linha de partida, soa o tiro que indica a luz verde de competição de inicio da grande corrida, passamos a estar as duas o eu tranquilidade e o eu recordações, uma disputa, o prémio é a minha atenção... hoje quem perdeu foi o eu tranquilidade!

 

 

 

 

 

 

 

tags: ,

afteramsterdam às 21:07
| comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008

7 meses e 5 dias depois...

 

ÚLTIMOS MOMENTOS NO VOLDELPARK

 

Penúltimo abraço...

 

 

Juntos assistimos à calma que se fazia sentir no Vondelpark

Ambos sabíamos que eram os últimos momentos, eu, apenas eu fantasiava

Cantámos juntos

Ouvem-se as nossas vozes

 

 


afteramsterdam às 16:18
| comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Dezembro de 2008

6 meses e 29 dias depois...

 

Quando despertei e deixei de te ter comigo, julguei que a minha vida terminava... que os dias não mais passariam... e houve alguns que demoraram anos a passar!
Obviamente, os dias passaram... pouco ou nada se alteraram... a minha vida, de uma forma ou outra, continuou... continuei a sentir um vácuo enorme, em mim, mas, isso, em momento algum fez com que a minha existência terminasse...
Os dias continuam a passar... a vida segue o seu rumo... outros dias virão... novos rumos serão traçados (projectos e artimanhas para poder chegar-te, dizer-te "olá, estou aqui! e continuo a amar-te todos os dias")

A cada amanhecer procuro motivos para sorrir, para querer viver, ser feliz, partilhar...
Contudo... nunca viverei a vida em pleno, porque parte de mim está contigo e contigo permanecerá para sempre...
A minha alma pertence-te desde o momento em que te disse, pela primeira vez, que te amava...
Não era apenas o amor que proclamava, era o caminho para a minha alma que te abria... e, apesar de tudo, percorreste-o... e, muito embora, tenhas partido, a minha alma ficou cravada a ti... e o caminho desapareceu atrás dos teus passos...
 
Não são conjunturas, devaneios ou suposições o que aqui escrevo... é a verdade pura que percorre  a minha vida, que me sustenta e me faz manter acesa a luz, ainda que me tenhas deixado no escuro!


afteramsterdam às 21:40
| comentar | ver comentários (1) | favorito

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9



31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

. 9 meses e 25 dias depois....

. 9 meses e 17 dias depois....

. 9 meses e 16 dias depois....

. 9 meses e 5 dias depois.....

. 8 meses e 15 dias depois....

. 8 meses e 7 dias depois.....

. 8 meses e 6 dias depois.....

. 8 meses e 1 dia depois...

. 7 meses e 5 dias depois.....

. 6 meses e 29 dias depois....

.tags

. todas as tags