Sábado, 14 de Março de 2009

9 meses e 24 dias depois...

 

 

Já imaginei o meu sonho desta noite...

 

Olha lá no cimo e bem na vertical. Vês?

Foram precisos muitas descobertas e batalhas para teres conseguido suportar toda a coragem. São poucos até, os que se dignam a percorrer tantos quilómetros, vidas para um só destino. E tu conseguiste!!

Estou muito feliz por ti, é verdade.

Correu tudo bem?

O importante é que neste momento estás aqui!

Não, não precisas de te desculpar, bem sei que também não te foi fácil...

E agora, depois de todos estes anos... aqui!

Não importa o resto pois não? O que importa é que aqui estás!

Deixa-te estar mais um pouco! Amanhã o despertador não toca e eu hei-de acordar mais tarde...

A minha espera tornou-se um caos para o pensamento, mas eu sabia que virias, tantas coisas para contar e agora não sei o que te diga...

E digo e penso tantas coisas ao mesmo tempo, o meu último desejo é não te cansar com banalidades de tantas cartas escritas... Nunca as recebeste pois não?! Eu sabia...

É bom este lugar... ainda bem que estás aqui!

 

 

 

 

 

 

tags:

afteramsterdam às 19:40
| comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2009

9 meses e 1 dias depois...

 

Regresso a casa, ainda dia... luz

Dou comigo a pensar em como está longe a porta de embarque que nos separou até hoje,

Um verão que passou, um inverno a terminar

Dou comigo a contabilizar os dias, a equacionar a possíbilidade do teu voltar,

Se por um lado o tempo é um aliado que nos ajuda a guardar apenas o que é bom de guardar... o tempo... assusta-me

Morro de medo de perder os teus contornos,

Gosto de ficar a recordar-me dos teus pormenores, o teu pijama roto e gasto

Fecho os olhos e ainda consigo sentir o deslizar dos teus dedos nos meus cabelos acabados de secar...

 

Tenho medo que, com o chegar da primavera, o meu sonho perca o teu rosto... assim:

 

Acordo..

Os olhos estavam baços... cerro-os, esfrego-os com veemência como quem quer penetrar além do atingível!

O teu rosto? pergunto-me e arrisco-me a requestá-lo nos breves instantes que se seguem...

Destapo todos os episódios, desobestruo todas as portas, escavo um beijo distraído, invado museus, corro por ruas e artérias, ingresso na cólera de um filme mudo.. nada!

Sinto um náufrago no peito, por instantes fico a boiar no infinito a consumir pirulitos por conta própria!

Este acordar carnívoro nos mornos lençois faz-me abandonar o chão, abala a realidade de todas as coisas...

Que agonia é esta? Que me segue os passos, que me espreita os gestos, que me assombra o corpo, que me acorda de noite e me grita de dia?

Rendo-me?

 


afteramsterdam às 20:36
| comentar | favorito

.Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9



31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

. 9 meses e 24 dias depois....

. 9 meses e 1 dias depois.....

.tags

. todas as tags